A internet dos brasileiros

Nós brasileiros, ainda estamos nos adaptando a internet, na verdade percebo a cada dia que temos muito que aprender, meu pensamento se deve ao fato de inúmeros acontecimentos. Um exemplo claro disso foi as eleições para presidente da república.

O internauta A colocava uma postagem do seu candidato, mas o internauta B, não deixava barato aproveitava a publicação para falar do seu próprio candidato, isso se transformava em uma briga constante.

Política, sexualidade, time de futebol, religião e todos os outros assuntos, claro que somos diferentes, temos nossas ideologias e convicções. Mas precisamos respeitar a opinião das outras pessoas.

Hoje me deparei com uma notícia onde 2 adolescentes, menor de idade e sem carta, invadiram a preferência de uma avenida e bateram em outra moto que era conduzida por um moto taxi, que por sua vez estava levando uma trabalhadora para sua casa. Duas pessoas responsáveis que estavam trabalhando, quase que perderam suas vidas por conta de dois irresponsáveis.

Ai o amigo aqui postou a notícia e comentei “Certamente os pais devem ser responsabilizados e eles também, lamentável, poderia ser ainda pior… Graças a Deus ninguém morreu… Colocar filho no mundo é fácil, mas tem que acompanhar…. Menor, sem carta e de moto ainda…. Complicado.”

Mas uma de minhas amigas da Igreja me criticaram pois eu devo ter compaixão, perdoar os meninos…etc depois ela retirou o comentário dela.

Na verdade levo muito as palavras de Deus a sério, mas já perdi um amigo no transito pois um carro conduzido por um adolescente de 15 anos atingiu a moto dele com um carro em alta velocidade.

Para mim os pais são sim responsáveis, tenho 2 filhos e fico em cima, quero forma-los para seres boas pessoas no mundo, para respeitar as regras e saberem viver em sociedade e se eu errar eles também irão errar.

Mas aceito a opinião da minha amiga, porem ela poderia dar a opinião dela, sem me marcar, não precisa responder ao meu comentário no meio de dezenas de outros.